Mundo dos Artistas > Daniel relembra fama de gay em biografia

Daniel relembra fama de gay em biografia

"Me incomodou", revela

22 de set de 2014 Comentários Por: Fabiana Almeida

O sertanejo Daniel expõe muitas polêmicas em sua biografia, ‘Minha Estrada’, lançada recentemente. Entre vários assuntos, o músico fala sobre os rumores, do início da carreira, de que ele seria gay. No capítulo da obra que trata sobre os seus casos amorosos, Daniel explica que as especulações começaram porque ele nunca assumia nenhum relacionamento publicamente.

Durante a coletiva de imprensa no lançamento do livro, o artista se recordou que os rumores ganharam mais força em 2000, quando aceitou ser garoto-propaganda de uma marca de cuecas. Daniel não escondeu o arrependimento de ter aceitado o trabalho.

?Eu resisti, não queria fazer o ensaio, achava que não precisava me expor daquela maneira, mas o Hamilton (seu empresário na época) acabou me convencendo. Bastou eu começar a aparecer de cueca em tudo que é outdoor para me arrepender de ter topado. Além da história de eu ser gay, começaram a falar um monte de outras coisas”, lamentou.

Mesmo com os maus momentos, o músico garante que superou as brincadeiras e afirma que todas essas especulações sobre a sua sexualidade acabaram lhe ajudando com as mulheres.

“Esse lance de dizer que eu sou gay virou, de uma certa maneira, até algo ao meu favor. Uma fantasia para as mulheres. Algumas com quem eu me relacionei diziam: ?Ah, Daniel, eu ouvi dizer que você é gay. Se gay for isso…'”, brincou.

Notícias Relacionadas