Mundo dos Artistas > Cristiano, da dupla com Zé Neto, é internado e passa por cirurgia às pressas

Cristiano, da dupla com Zé Neto, é internado e passa por cirurgia às pressas

Cantor se apresentaria em Goiás ontem (29), quando sentiu fortes dores.

30 de Maio de 2019 Comentários Por: Victor Fernandes
Dupla ficou desfalcada durante recuperação da Cristiano. (Foto: Reprodução/Workshow)

O cantor Cristiano, da dupla com Zé Neto, foi internado às pressas ontem e precisou passar por cirurgia após sentir fortes dores abdominais antes de um show em Jataí (GO).

Um comunicado oficial no Instagram da dupla explica que Cristiano realizou procedimento cirúrgico “de emergência devido a um quadro de apendicite“.

Após o diagnóstico em um hospital da cidade goiana onde se apresentaria, o staff e a família decidiram encaminhar Cristiano para São José do Rio Preto, cidade natal dos irmãos, em São Paulo. A cirurgia foi realizada no Hospital de Base na noite de ontem (29).

Ainda segundo o comunicado, Cristiano “passa bem e agradece a todos pelas orações“. O cantor deve receber alta amanhã (31), mas precisará ficar em repouso durante alguns dias, por recomendação médica.

Agenda continua

Ontem, após se apresentar sozinho em Jataí, Zé Neto conversou com os fãs no Instagram e tranquilizou os seguidores. Ele disse que vai continuar os shows da dupla enquanto o irmão se recupera.

Mais tarde, quando recebeu a notícia de que Cristiano havia passado por cirurgia e que o procedimento foi um sucesso, Zé Neto agradeceu pela preocupação e ao público de Jataí, que para ele, foi “a segunda voz” na apresentação de ontem.

A recuperação da cirurgia pode levar de sete a 15 dias, dependendo da evolução de cada paciente. Nesse período, a agenda de Zé Neto e Cristiano contabiliza 13 shows – as apresentações devem continuar com o irmão mais novo se cantando sozinho. O expediente não é novo – Simone cantou por um bom tempo sozinha durante o tratamento contra a tuberculose pelo qual Simaria passou.

Quadro de apendicite

Em seu blog, o Dr. Drauzio Varella explica que a “apendicite é a inflamação do apêndice, um pequeno órgão próximo ao intestino grosso”. Ainda segundo o médico, o quadro de inflamação da apendicite é mais frequente entre 20 e 30 anos; Cristiano tem 29.

Varella também diz que a apendicite pode ser extremamente grave. Os sintomas são “dor forte e localizada do lado direito na parte baixa do abdômen”, que “pode evoluir em algumas horas e levar à morte se o paciente não for tratado a tempo”.